fbpx

Merzouga: Como acampar no deserto do Saara, no Marrocos

Você pode gostar...

24 Resultados

  1. Carla disse:

    Nossa! Adorei saber sobre este tour. Só a experiencia do pôr do sol em uma das paisagens mais inóspitas do planeta já deve valer o passeio!

  2. nayaraimazu disse:

    Beneth que ótimo texto, super informativo! Eu já passei a noite no deserto de Thar na India, e adorei saber dessa sua experiência no deserto do Sahara, agora está na minha lista dos desejos com certeza! 😀

  3. Eu tenho muita vontade de fazer esse tour! Sua experiência parece ter sido incrível!

  4. Simone Hara disse:

    Que passeio incrível! Espero um dia ter a oportunidade de conhecer o Sahara e com certeza vou querer vivenciar uma experiência assim! Lindo!
    Amei o post!

  5. Oi! Voce pagou 80 euros pelos 3 dias de tour?!

  6. Oi Keneth…sou brasileira e vivo em Merzouga. Também organizo tours e tengo meu próprio acampamento nas dunas! Teria o maior prazer de receber brasileiros aqui, pois a maioria dos meus clientes aqui sao europeus e asiáticos. Esse roteiro do sul do Marrocos é fantástico e precisa ser melhor divulgado no Brasil. VALEU!

  7. baudefamilia disse:

    O passeio parece incrível, além de uma grande aventura! Vou mostrar para minha filha, que está estudando sobre o Sahara e as tribos que circulavam por lá antigamente!! Ela não vai acreditar que é possível viver essa experiência!! Muito legal!

    • Olá Dani! É um passeio fantástico! Uma experiência única e marcante, que vale a pena fazer.

      Que legal! Comente com ela sobre o povo Berber, que são como os índios no Brasil, o primeiro povo a habitar o país. Eles são conhecidos como nômades do deserto, e a primeira letra do alfabeto deles significa “homem livre” ou “liberdade”.

  8. rozembergue disse:

    Olá Beneth!
    Parabéns pelo blog! Conheci agora e estou lendo vários posts.
    Uma dúvida, você disse que tem como sair de Marrakech e Fez. Acontece que eu vou estar vindo da Espanha pelo estreito e meu voo de retorno ao Brasil parte de Marrakech. Você acha que existe uma opção que começa por Fez e termina em Marrakech ou começa em Merzouga e termina em Marrakeck? O que você me indica para fazer um roteiro de uma cidade a outra e não em círculo?
    Abraço!

    • Olá Rozembergue!

      Acredito que seja possível fazer o contrário sim, começar em Fez e terminar em Marrakesh. É só questão de negociar com a agência mesmo. Eu fiz com a Marrakesh Travel Services e foi bem bacana. Acho que se fizer em círculo assim fica bom, pq ai economiza tempo.

      Abraço!

  9. Gabriel Hernandes disse:

    Olá, estou indo em lua de mel em setembro e pretendo fazer este tour. Você poderia me dizer por qual agência vocês fizeram este roteiro ou poderia me indicar alguma outra agência de confiança? Agradeço desde já. Abraço!

    • Fala Gabriel, tudo certo? Que legal cara! Com certeza vocês vão curtir demais o Marrocos, é um país lindo!
      Eu fiz com a Marrakesh Travel Services, inclusive trabalhei com eles por um tempo. O serviço é bem bom. Abaixo o link para o site deles:

      https://www.marrakeshtravelservices.com/

      Entra em contato com eles e pede um descontinho, geralmente da certo. Pode até falar que foi indicação minha. Fala que foi o Beneth, brasileiro que tem blog e trabalhou com eles. 🙂

      Abraço.

  1. 19 de novembro de 2018

    […] Participando dos tours, economizei mais ainda em minha estadia no Marrocos, e dessa maneira, pude conhecer boa parte do país. O tour mais marcante foi para o Sahara, no qual acampei no meio do deserto! Confira como foi essa aventura no post sobre Merzouga. […]

  2. 9 de janeiro de 2019

    […] Deserto do Saara […]

  3. 9 de janeiro de 2019

    […] Merzouga – Como acampar no Deserto do Saara […]

  4. 5 de março de 2019

    […] Merzouga – Como visitar o deserto do Saara […]

  5. 5 de março de 2019

    […] Passeio no Deserto do Saara, através de Merzouga […]

  6. 7 de março de 2019

    […] Saiba mais: Merzouga, como acampar no deserto do Saara […]

  7. 7 de março de 2019

    […] Merzouga – Como acampar no Deserto do Saara […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *